Mundo

Japão pretende multar quem fumar em restaurantes

O governo japonês anunciou na ultima quarta-feira (1) que planeja proibir o fumo em restaurantes e impor uma multa de até ¥300.000 para quem violar a nova regra.

Até junho, o Ministério da Saúde pretende enviar ao Parlamento um projeto de lei que prevê novas medidas para combater o tabagismo, mas deverá enfrentar a resistência de parlamentares do PLD (Partido Liberal Democrata) ligados à indústria de tabaco e restaurantes.

De acordo com o projeto de lei, os gestores de edifícios e estabelecimentos comerciais também serão obrigados a colocar avisos especificando áreas para não fumantes. O descumprimento dessa regra poderá resultar em multa de até ¥500.000 para a empresa.

Apesar da proibição, o texto da nova lei permite a criação de salas isoladas para fumantes, desde que também haja um ambiente para não fumantes no estabelecimento.

Restaurantes no estilo japonês, como yakitori, lamen e outros estabelecimentos que servem alimentos diretamente em balcões também estarão sujeitos às novas regras. O governo havia cogitado a possibilidade de abrir exceções para estabelecimentos pequenos, mas acabou voltando atrás.

Fumar em áreas externas de restaurantes, como terraços, também ficará proibido. Nos hotéis, os hóspedes poderão fumar somente em seus quartos.

Estima-se que aproximadamente 15 mil pessoas morram anualmente no Japão devido aos danos causados pelo tabagismo passivo, quando uma pessoa não fumante inala a fumaça de cigarro em ambientes fechados.

Comentários

Melhores da Semana

Subir